Nação Sacerdotal Yeshua Melekh
Reflexões
Cuidado para não explorar

Neste tempo de crise financeira do nosso país, cada vez mais e mais está difícil comprar e vender. O dinheiro não circula e muitos estão tendo dificuldades de pagar suas contas. Por conta disto, muitos começam a pechinchar e buscar negócios vantajosos, mas até aí tudo bem! O grande problema é quando ultrapassamos o limite da “negociação” e partimos para o lado da “exploração”, e o pior, é que muitos não percebem que estão fazendo isso. É sempre bom fazer bons negócios, ver que o dinheiro rendeu e que você conseguiu fazer tudo o que queria e ainda sobrou um pouquinho para gastar com bobagens, mas, é necessário estar alerta com estas negociações, principalmente nós Yisrã’elim, que somos o sal da terra e luz para as nações.

Vemos um ensinamento muito importante em Mish’lê (Provérbios) a respeito de pessoas que vão além da pechincha.

"Nada vale, nada vale, dirá o comprador, mas, indo-se, então se gabará."
Mish'lê/Provérbios 20.14

Caro leitor, o problema não está em uma simples pechincha, mas sim, no fato de que algumas pessoas, sabendo de sua capacidade de persuasão, usam de críticas para desvalorizar um produto ou serviço para conseguir muito mais barato que o valor comercial. Algumas pessoas procuram mil defeitos em um carro, colocando defeito até onde não tem, com o único objetivo de desvalorizar o carro, assim prejudicando o vendedor. Esta pessoa poderia dizer: “não estou explorando, estou apenas negociando conforme meu orçamento”, mas a pergunta que fica, e se fosse você vendendo? Você aceitaria vender pelo preço que você está tentando comprar? Você aceitaria fazer um serviço recebendo apenas aquilo que você está disposto a pagar? É necessário tomar este cuidado para não ultrapassar o limite entre a negociação e a exploração. YHWH quer que sejamos um povo justo, que exerce o direito e justiça.

Do mesmo modo alguns usam da desculpa: “estou passando por um período difícil, vou pedir para pagar depois, sei que o vendedor vai entender”. Caro leitor, a Torãh fala sobre isso.

"Não oprimirás o teu próximo, nem o roubarás; a paga do diarista não ficará contigo até pela manhã."
Wayq'rã/Levítico 19.13

Este agora é um MANDAMENTO! O salário do serviço deve ser pago no dia, e não depois. Observe também que o mandamento não está direcionado à um grupo de pessoas, ou seja, o mandamento não está falando apenas para o rico, mas sim está direcionado a todos. Independente se você é pobre ou rico, se solicitou o trabalho de alguém, deve pegar. As pessoas com a desculpa que “estão numa situação difícil” ficam enrolando pra pagar, mas desconhecem a situação de quem está esperando receber. Aquele que está esperando receber pode estar em situação igual ou pior que a sua, e está trabalhando para tentar resolver seus problemas. Por isso, jamais solicite um serviço ou compre algo sem dinheiro. Se pode pagar, compre, se não pode, então não compre.

Material produzido por: Edenyah ben Adam
Conecte-se conosco no Facebook
Siga-nos no Instagram
Siga-nos no Twitter
Se inscreva em nosso Canal
Nação Sacerdotal Yeshua Melekh
Proibida a reprodução sem o consentimento dos responsáveis